Arquivo

taylor swift

Posts em taylor swift.

Ryan Adams ensina como respeitar aquilo que a gente ama ao vivo no Jimmy Kimmel

Em tempos onde até as grandes empresas se apropriam indevidamente do trabalho do outro quando ele está disponível na internet a gente sempre se pergunta quais são os limites da inspiração e da apropriação indevida.

Mas Ryan Adams mostrou que a fórmula é bem simples. Ele regravou todo o album 1989 da Taylor Swift e disponibilizou no Youtube. Assim como encontramos diversos vídeos de covers por lá também tem a versão do Ryan de cada uma das músicas da Taylor, com direito a uma capa que poderia facilmente ser uma obra de arte e os créditos no seu devido lugar. Tudo tão caprichado e feito com carinho que ele se apresentou no Jimmy Kimmel Live performando Welcome to New York. Mas poderia ser qualquer uma das outras músicas que também seria lindo.

Ou seja, não é porque alguém já compôs esse álbum que não te dá o direito de se identificar e querer gravar também. Não é porque alguém já fez alguma coisa que isso te impede de fazer também. Desde que seja verdadeiro, desde que isso converse com a sua alma e que seja feito de coração. Isso não te transforma em alguém menos especial, tira seus méritos ou te torna digno de críticas. Todo mundo tem referências e não é certo limitar até onde elas devem ou não ser usadas. Basta bom senso, ter consciência daquilo que você está fazendo e uma dose tripla de respeito.

Taylor Swift deu uma dica para guardar para a vida inteira

Para o sucesso da Taylor Swift, um hábito foi essencial: Assistir Behind the Music e entender onde estava o erro dos grandes artistas por trás das armadilhas do showbis e, para ela, o erro mais grave era a falta de autoconsciência. Na sua mais recente entrevista para a GQ ela falou:

“Eu via essas bandas que estavam indo muito bem e me perguntando o que deu errado. Eu pensava muito sobre isso e o que eu entendi foi que a falta de autoconsciência era sempre determinante. Isso era sempre o catalisador da perda de relevância, a perda de ambição e a perda da grande arte.”

Foto: GQ

Muita gente pode amar a Taylor e muita gente pode odiar também, mas ninguém pode discordar que o que ela sabe é apostar no que ela tem de melhor. Composições incrivelmente chicletes e um cuidado extremo com a produção da sua identidade visual, sempre muito coerente, consequência dessa autoconsciência. Holofotes a parte, ter uma carreira musical ainda é muito semelhante com a vida do restante dos seres mortais. E a gente percebe que muitas pessoas erram também por acabar julgando demais o outro sem olhar muito para o que está fazendo, como está fazendo; sem pensar em melhorar, entender o seu potencial e apostar nele.

Dá pra gente tentar praticar um pouco mais de autoconsciência também, não acham?

Lacequins

Paixão da atualidade, a renda não é só um tecido bonitinho. Além de leve e sofisticada, ela ainda é super funcional. Por ser vazada, nos dá a mobilidade de trocar o tecido de baixo pra renovar a peça. Quando mostrei aqui o DIY da Saia de Renda e os 3 looks da cabine da C&A citei a possibilidade de usar a renda sobreposta ao paetê. É uma mistura bem fácil de fazer e certeira. Olha que linda a Taylor Swift com a combinação:

O paetê deu uma animada no vestido de renda e mais luz à produçao.
O vestido é Jenny Packham Resort 2011, mas a gente super pode adaptar em casa, né?

Saia de renda

tendeu? Preciso dizer que me rendi a essa tendência. Quero meia dúzia de saias de renda para cada dia da minha semana. No brunch da Imporium a Maria e a Iana estavam absolutas na tendência. (Iana vou confessar que eu queria te deixar pelada, roubar a sua saia e sair correndo ahaha)

E quem super usa essa tendência de vestidinhos e sainhas de renda é a Taylor Swift com todo o seu bonequismo:


Quem mais se rende? (ok, já chega de trocadilhos)